Matt Osbourne: Retratos Com A Petzval 85

2017-07-22

Matt Osbourne trabalha como fotógrafo de casamento e de moda. Residente no Reino Unido, ele também dedica parte do seu tempo a um blog sobre câmaras Leica e fotografia analógica. Nós não conseguimos resistir e emprestámos-lhe a objectiva Petzval 85 . Vê agora as suas primeiras impressões sobre estas fantástica Art Lens.

Fotos:Matt Osbourne

Conta-nos um pouco sobre ti.

Chamo-me Matt, sou fotógrafo e actualmente resido em Coventry, no Reino Unido, especializei-me em fotografia de moda (fashion e beleza) e também fotografo, ocasionalmente, casamentos. Fotografo, particularmente, a preto & branco e, quando fotografo modelos femininas, uso várias câmaras, maioritariamente câmaras Leica, daí ter criado um blog chamado MrLeica.com e, mais recentemente, fotografo com uma câmara Hasselblad. O meu amor verdadeiro é a película preto & branco e acabo por revelar os meus rolos em casa sejam eles de 35mm (tal como a Leica M2/M3/M6), médio formato (Hasselblad 501C, Mamiya 6, Rolleiflex SL66E etc) ou grande formato (Sinar F2, Speedgraphic). Com a fotografia analógica, tirar uma fotografia é apenas o início de um processo pois recorro ao processo de revelação para obter o resultado que pretendo - com mais ou menos contraste. Também faço workshops de fotografia de moda, principalmente em formato 1-2-1, tanto no Reino Unido como no estrangeiro. Já leccionei em Nova Iorque, Zurique, Amesterdão (apenas para citar algumas cidades onde já estive) e organizo-me com todos os modelos durante uma semana e deixo alguém a substituir-me.

Fotos:Matt Osbourne

O que gostaste mais de fotografar com a Petzval 85 Art Lens?

Eu ainda tenho uma Nikon D800 que uso como câmara de backup para casamentos e usei-a para experimentar a objectiva Petzval. As minhas primeiras impressões da objectiva Petzval... salta à vista o facto de ser feita em bronze e quando a agarramos sentimos que é super básica de usar devido ao seu design de focagem simples. Disparei com abertura no máximo em todos os testes em f/2.2 (e na verdade, como não vi os anéis de abertura no fundo da caixa até pensei devolvê-la!) Para mim isso não era problema nenhum pois eu só iria comprar uma objectiva como esta para poder criar a assinatura do efeito bokeh que está associada às objectivas Petzval. Achei a nitidez da objectiva ainda mais suave do que as minhas objectivas habituais da Leica e Hasselblad, mas se estiveres feliz em renunciar a nitidez em troca de imagens com um belo bokeh e com uma aparência de uma pintura, então esta objectiva é para ti.

Fotos:Matt Osbourne

Fala-nos um pouco sobre estas fotografias.

Como fotógrafo de moda, a escolha mais óbvia foi trabalhar com alguns dos meus modelos no Reino Unido para testar a objectiva Petzval 85 Art. À medida que os modelos estao acostumados, experimentei os cancelamentos múltiplos habituais, mas ainda consegui fazer três grandes fotos com a objectivas. Os primeiros disparos de teste foram fotogrados no jardim e, de seguida, tirei a foto final junto a uma parte de madeira porque sabia exactamente que resultado pretendia.

---
You can see more of Matt's work via his website: matthewosbornephotography.co.uk.

Escrito por lomographysoholondon on 2017-07-22 #pessoas

Artigos ainda mais interessantes