Helena Almeida: A Fotografia Enquanto Performance

A artista portuguesa Helena Almeida ficou conhecida por reunir três disciplinas -- fotografia, pintura e desenho. Na maior parte das vezes, ela colocava-se de forma performativa - usava uma tela em branco com o seu corpo. E produzia fotografias a preto e branco de si mesma.

Helena Almeida. Voar (To Fly), 2001. Colecção de Pedro e Vasco Couto. © Helena Almeida.; Helena Almeida. Sem título, 2003. Colecção de Dominique Haim. © Helena Almeida.;

"Eu sou a tela." é uma famosa frase de Almeida que resume bastante como ela vê a sua arte.

Ela pintava em três cores - azul, vermelho, e, ocasionalmente, preto. Ela não os considera como auto-retratos. Mas as composições que estudam o corpo da artista, representam gestos quotidianos e elevam os limites físicos e maleabilidade da figura humana.

Não percas a próxima exposição Helena Almeida: O trabalho nunca estará acabado no Art Institute of Chicago, já no próximo dia 29 de Junho.

Helena Almeida. Drawing, 2012. Cortesia da Galeria Filomena Soares, Lisboa. © Helena Almeida.; Helena Almeida. Lavada em lágrimas (Washed in Tears), 2003. Cortesia Galeria Filomena Soares, Lisboa. © Helena Almeida.; Helena Almeida. Dentro de mim (Inside Me), 2001. Colecção de Américo Marques Santos. © Helena Almeida.

A exposição termina a 4 de Setembro.


Images are from the press kit.

2017-06-01 #Cultura #noticias

Kickstarter

Bringing an iconic aesthetic to square format instant photography, the Diana Instant Square fills frames with strong, saturated colors and rich, moody vignetting. Built to let your inspiration run wild, our latest innovation features a Multiple Exposure Mode, a Bulb Mode for long exposures, a hot shoe adapter and so much more! It’s even compatible with all of the lenses created for the Diana F+ so that you can shake up your perspective anytime, anywhere. No two shots will ever be the same. Back us on Kickstarter now!

Artigos ainda mais interessantes