As Primeiras Impressões Sobre o Sistema de Conversão Neptune Art Lens: Gary Chew

2017-06-06

Residente em Singapura, o fotógrago Gary Chew garante que cada disparo há diversão. Sempre com uma visão que destaca a fantasia, mesmo nos conceitos mais simples, Gary experimentou o Sistema de Conversão Neptune Art através de uma filmagem improvisada e duas sessões conceptuais diferentes

© Gary Chew

Nome: Gary Chew
Instagram: @garychew84
Facebook: /garychewphotography
Website: garychew.me
País: Singapura
Câmara: Nikon D800
Objectiva: Sistema de Conversão Neptune Art Lens

Descreve-nos o teu percurso enquanto fotógrafo e como desenvolveste essas capacidades

Desde o ano passado que comecei a fotografar enquanto fotógrafo de moda e posso dizer que trabalhar com uma equipa de revistas é, definitivamente, uma experiência aberta. Para certificar-me de que estou a dar o meu melhor, tenho vindo a tentar incorporar as minhas fotografias em inúmeros mídias, e também, a experimentar coisas diferentes como pintura a óleo na fotografia e tingir com aguarela aquele género de foto clássica preto e branco.

Toda a gente tem o seu próprio estilo e singularidade e eu estou a batalhar bastante para conseguir explorar diferentes mídias para poder ser inovador. Realmente não quero ser conhecido como um fotógrafo prefiro ser referido como um artista, uma vez que tento fundir a fotografia com outros géneros artísticos em vez de fazer fotografia pura.

Qual é, ou quem é a tua maior influência no teu trabalho?

Tim Walker e Paolo Roversi.

Tim Walker a sua capacidade de colocar numa fotografia a fantasia da vida sempre me surpreendeu. As suas criações não têm photoshop e isso leva-me a explorar a parte analógica das películas que produzem cores mágicas em oposição a fotos digitais que terei de manipular depois.

E estou super apaixonado pelas obras de fotografia instantânea de Paolo Roversi. Os retratos que ele captou são todos simples, mas impressionantes. Graças a ele, descobri o meu amor pela fotografia instantânea.

© Gary Chew

Qual é a tua filosofia enquanto fotógrafo?

Nunca desistir. Sei que soa a um cliché, mas esta é a crença que me permite sobreviver até hoje. Há inúmero e incríveis fotógrafos em todos os lugares do mundo. Encontrar o estilo que mais lhe convém é sempre a parte mais difícil. Não deixes de experimentar, tentativa e erro, e um dia o sucesso virá até ti.

Fala-nos sobre o conceito da tua sessão fotográfica com o Sistema de Conversão Neptune Art Lens.

Eu gosto de fotografar retratos e as distâncias de 35mm, 50mm e 85mm são a melhor combinação para fotografar retratos. Quando recebi a objectiva pela primeira vez (fiquei em choque porque nunca pensei que iria chegar durante o período de tanto trabalho), levei-o imediatamente a um amigo meu para experimentarmos a objectiva. Não tinha ideia alguma de como iria funcionar e que tipo de imagens iriam sair, então começámos a tirar retratos com a distância focal de 35mm.

Ralmente adoro o design da objectiva. Parece-me muito artística e elegante. Sinto-me um pouco como um fashionista ao transportar essas objectivas e a ter toda a atenção de quem está à minha volta. Após o teste inicial, planeei duas sessões conceptuais durante o fim-de-semana - In the Rabbit Hole e Red Ridding Hood. Os modelos para ambos os rebentos são bons amigos meus.

Para "Into the Rabbit Hole" decidimos faze-la como uma sessão par conceptual - dois coelhos a correr no bosque com a sensação de amor. Essa é a ideia do casal, porque eles estão aborrecidos com a ideia "comum" de casal.

Para "Red Riding Hood", o meu modelo comprou um traje de Halloween, e desde esse dia, começámos a provocá-la a dizer que aquilo era uma capa de equitação. Haha! Então, quando ela disse que aceitava ser meu modelo esse foi o tema que primeiro veio à minha mente.

Como é que o Sistema de Conversão Neptune Art Lens se encaixa no teu estilo fotográfico?

Uma vez que existem 3 objectivas diferentes, posso mudar facilmente, a fim de obter a composição certa e sentir as fotos de uma maneira mais rápida.

© Gary Chew

Qual é a tua sessão favorita?

A imagem principal da "Into the Rabbit Hole." As fotografias estão super fofinhas.

Alguma dica que tenhas de ter em mente ao utilizar o Sistema de Conversão Neptune Art Lens?

Como a objectiva usa calibração manual, eu sugiro disparar com um tripé.
---

Voltámos ao Kickstarter com o Sistema de Conversão Neptune Art Lens — para garantir que tens tudo o que precisas para qualquer oportunidade fotográfica. Com três objectivas frontais intermutáveis e com distâncias focais fixas de 35mm, 50mm ou 80mm, estás preparado para qualquer situação de disparo com apenas um único sistema de objectiva. Este Sistema inclui seis placas de abertura especiais que criam um bonito e delicado efeito bokeh para que possas criar imagens impressionantes com intermináveis combinações criativas. Inspirado pela invenção original de Charles Chevalier e redesenhada com um design liso e lustroso, esta objectiva multi-revestida é a opção ideal para iniciantes e profissionais de fotografia seja em analógico ou digital.

Vai agora à nossa página Kickstarter e poupa até 45% no Sistema de Conversão Neptune Art Lens e ainda obtens vários extras exclusivos!

Escrito por Lomography on 2017-06-06 #equipamento

Artigos ainda mais interessantes